Arquivo da tag: Federico García Lorca

75 anos da morte de Lorca

Federico García Lorca

Há 75 anos, num 19 de agosto como hoje era morto, fuzilado o poeta e dramaturgo, Federico García Lorca.

Nesta semana, em Alfacar, município de Granada, será celebrado o aniversário de sua morte com vários eventos, incluindo uma encenação com seus personagens mais famosos, no intuito de “reviver o poeta” e um sexteto musical.

Neste espetáculo, segundo o diretor da Cia. ‘Teatro para un Instante’, Miguel Serrano, serão apresentados trechos de Tragicomedia de Don Cristóbal y la señá Rosita, La zapatera prodigiosa, Doña Rosita la soltera, Mariana Pineda, Romancero gitano, Bodas de sangre o Diván del Tamarit .

A ideia é levar ao público obras que representem da juventude ao amadurecimento de Lorca, para que, mais que uma comemoração, fique explícito o protesto que ainda representa sua figura.

Vale lembrar, que este parque, em 2009 , foi escavado em busca de restos mortais de outros fuzilados que teriam sido enterrados junto a Lorca, prém não houve resultados.

De acordo com o investigador Miguel Caballero, há novos dados sobre esta busca, que serão apresentados ao Comisariado de Memoria Histórica de la Junta de Andalucía, para novas investigações.

Além das comemorações no parque Federico gacía Lorca, haverá uma grande visitação à casa em que García Lorca viveu na infância, em Fuente Vaqueros (Granada)  e que recientemente completou 25 anos como museo, o primeiro dedicado ao escritor, que após 75 anos de sua morte, continua tão presente.

Fonte: 20minutos.es

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Literatura

Lorca e o Sexo

O escritor espanhol Federico García Lorca não escreveu um só verso que falasse de sua homossexualidade. A única obra sua que trabalha esta questão é uma peça de nome “El Público”, encenada 42 anos depois de seu fuzilamento por franquistas na Guerra Civil Espanhola.

Não suficiente seus irmãos proibiram o maior estudiosos de sua vida e obra de divulgar quaisquer fatos que remetessem a sua homossexalidade.

Em 2009,  Ian Gibson, 70 anos, irlandês, reconhecido mundialmente como especialista na obra do autor, pode finalmente lançar uma biografia que mostra a influência da homossexualidade de Lorca em sua obra. Desde suas paixões frustradas por personalidades espanholas, como Salvador Dalí. até o reflexo destes desencontros nas  mulheres conflituosas de sua obra.

“Naquele ano de 1936, aos 38, Lorca escreveu num poema que queria matar a única testemunhado assassinato de suas flores, converter seu pranto e suor num duro monte de trigo. Foi por metáforas truncadas e enredos trágicos que Lorca, o maior poeta espanhol expressou sua frustração por amora homens que nunca corresponderam a seu afeto. A história, ate uma geração atrás, calou-se a respeito.” Ian Gibson.

A biografia tem o indiscutível nome de “Lorca y el mundo gay”, ainda sem tradução para o português , mas disponível para vendas aqui.

Gibson, à época, em entrevista para o jornal “A Folha de São Paulo” afirmou  que:

…”não esquece, em sua leitura de Lorca e da Espanha, que este é um ” mundo de silêncios, um país trágico que não pôde ser o que  poderia ter sido”…

Meu pai dizia sempre que um sujeito precisava ser muito homem para sustentar sua homossexualidade.

Talvez um país também precise,

Mais uma vez, concordo.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Literatura